1

Soja sobe em Chicago nesta 4ª com traders ajustando posições antes de relatórios do USDA

Quarta-feira (27) de preços em alta para a soja na Bolsa de Chicago. O mercado internacional da oleaginosa busca recuperar parte das perdas da sessão anterior e trabalha em campo positivo na manhã de hoje. Perto de 8h30 (horário de Brasília), as cotações subiam entre 4,75 e 6 pontos, com o julho/18 recuperando o patamar dos US$ 8,70 e sendo cotado a US$ 8,73 por bushel.

Essa tentativa de retomar um pouco do fôlego acontece antes da chegada de novos boletins do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) no final desta semana e que poderiam ajudar a direcionar o mercado de forma diferente.

“O final do mês e o posicionamento do mercado pré-USDA deverão afetar os movimentos dos preços nas próximas sessões”, diz o boletim diário da consultoria internacional Allendale, inc. Os reportes do USDA trarão uma atualização da área plantada e dos estoques trimestrais em 1º de junho nos EUA.

No entanto, analistas internacionais continuam alertando para a continuidade da pressão da guerra comercial entre China e Estados Unidos – já que a tensão entre os dois países não diminuiu e um acordo não está no horizonte dos traders.

Também pesando sobre as cotações segue o bom cenário de clima nos Corn Belt. “As condições climáticas e as previsões para a primeira semana de julho por todo o Meio-Oeste deverão ser ideiais para a produção norte-americana”, complementa a Allendale.

Fonte: Notícias Agrícolas