1

Soja em alta e prêmios em queda no Brasil

As cotações da soja tiveram nesta terça-feira (17.07) um dia de ganhos no mercado físico brasileiro, impulsionadas pela alta de Chicago (1,20%) e queda do Dólar (0,49%). De acordo com os índices do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), apurados junto aos diversos participantes do mercado, o preço de exportação subiu 0,29% e o do mercado interno 1,16%.

Segundo o analista Luiz Fernando Pacheco, da T&F Consultoria Agroeconômica, os prêmios da soja no Brasil caíram diante de rumores de que EUA e China retomaram negociações, segundo a consultoria Profarmer: “São dois gigantes isolados na liderança mundial e um não vive sem o outro”.

“Segundo a consultoria norte-americana, a guerra comercial deve ter uma solução em agosto, gerando otimismo com relação a novas compras de soja americana pela China. Com isto, a queda média dos prêmios nos portos brasileiros foi de 5 cents/bushel. Os prêmios, portanto, caíram 2,04%. Por sua vez, o dólar recuou hoje 0,49%. Estas duas quedas amortizaram a alta de 1,20% das cotações da soja em Chicago”, comenta Pacheco.

Com relação aos subprodutos, a T&F aponta que os preços dos farelos de soja subiram nas regiões de Maringá, Rio Verde e Uberlândia e recuaram nas regiões de Orlândia, Ponta Grossa, Passo Fundo, Erechim, Anápolis, Ituiutaba, Campo Grande, São Gabriel do Oeste e Chapecó. Já os preços do óleo de soja bruto avançaram em Rio Verde e Anápolis e recuaram em Maringá, Passo Fundo e Uberlândia. Nas demais cidades acompanhadas pela T&F Consultoria permaneceram inalterados.

Fonte: Agrolink