1

China e EUA retomam negociações e cotações sobem

A possibilidade de retorno das negociações entre China e Estados Unidos no meio da guerra comercial iniciada por ambos fez com que as cotações subissem na Bolsa de Chicago. De acordo com o analista de mercado da T&F Consultoria Agroeconômica, Luiz Fernando Pacheco, representantes dos dois países já se reúnem para as tratativas de trégua envolvendo o setor agropecuário.

“Os futuros de soja negociados na Bolsa de Chicago (CBOT) fecharam em alta expressiva nesta terça-feira, com relatos na mídia de que Estados Unidos e China estão retomando discussões sobre a recente disputa comercial entre os dois países. Segundo a Bloomberg, representantes do secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin, e o vice premiê chinês, Liu He, estão discutindo maneiras de reabrir as negociações”, comenta.

Segundo o analista, as condições climáticas dos Estados Unidos também estão colaborando para um aumento das cotações em Chicago. Informações da a empresa de meteorologia DTN, dão conta de que as condições no momento são benéficas, com umidade adequada, no entanto, indicam temperaturas acima da média e chuvas abaixo do normal, o que pode reduzir a umidade do solo e prejudicar a produção.

“Ontem, após o fechamento do mercado de ontem, o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) disse que 70% da safra do país estava em condição boa ou excelente até a semana passada, sem variação ante a semana anterior. Um ano antes, essa parcela era de 59%”, complementa.

Fonte: Agrolink