1

Milho: Mercado esboça tímida reação na manhã desta 5ª após recuar quase 4% na Bolsa de Chicago

As cotações futuras do milho negociadas na Bolsa de Chicago (CBOT) iniciaram a sessão desta quinta-feira (13) com ligeiras altas, próximas da estabilidade. Às 9h02 (horário de Brasília), as principais posições da commodity testavam ganhos entre 0,75 e 1,25 pontos. O vencimento setembro/18 operava a US$ 3,42 por bushel, enquanto o dezembro/18 trabalhava a US$ 3,53 por bushel.

“O mercado testa uma reação depois de uma queda acentuada registrada nesta quarta-feira (12) após o reporte do boletim de oferta e demanda do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos)”, informou a Reuters internacional.

Ainda ontem, as cotações caíram quase 4% depois do USDA indicar a safra americana em 376,63 milhões de toneladas, frente as 370,51 milhões de toneladas estimadas em agosto. A produtividade subiu de 186,62 sacas para 189,65 sacas do grão por hectare. E os estoques ficaram em 45,06 milhões, bem acima do indicado no boletim anterior, de 42,77 milhões de toneladas.

Hoje, o departamento ainda divulga seu boletim semanal de vendas. O relatório é um importante indicador de demanda e pode influenciar o andamento das negociações em Chicago.

Fonte: Notícias Agrícolas