1

Soja recua em Chicago nesta 3ª feira com bom avanço da colheita no Meio-Oeste americano

Os números de evolução da colheita da soja nos Estados Unidos apresentado no fim do dia ontem, pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), vieram dentro das expectativas do mercado e, apesar de mostrar um atraso em relação ao ano passado e à média dos últimos cinco anos, pesaram sobre as cotações.

No pregão desta terça-feira (23), os futuros da oleaginosa recuavam entre 4,25 e 4,50 pontos nos principais vencimentos, com o novembro/18 valendo US$ 8,54 e o maio/19 com US$ 8,95 por bushel, por volta de 7h25 (horário de Brasília).

Na última semana, a colheita da soja foi de 38% a 53% da área norte-americana, contra 67% de 2017 e 69% da média plurianual. A expectativa do mercado era de 52%.

Com essas baixas, segundo explicam analistas internacionais, os preços da soja marcam suas mínimas em duas semanas na CBOT. No entanto, ainda segundo executivos, o mercado segue na necessidade de um fator mais forte para motivar um caminhar mais intenso das cotações.

E enquanto esse novo motivo não chega, ficam as atenções divididas entre a conclusão da colheita norte-americano – e as condições de clima em que os trabalhos se desenvolvem – a continuidade da guerra comercial entre chineses e americanos e o plantio brasileiro.

Fonte: Notícias Agrícolas