1

Soja: Mercado recua em Chicago nesta 5ª feira e, sem novidades, corrige os últimos ganhos

O mercado da soja trabalha em queda na Bolsa de Chicago no pregão nesta quinta-feira (6). Perto de 7h50 (horário de Brasília), os preços perdiam de 3,50 a 4,25 pontos, com o janeiro/19 valendo US$ 9,09 e o maio/19, US$ 9,34 por bushel.

As cotações corrigem as altas do início da semana que, apesar de tímidas, permitiram a retomada de alguns patamares importantes. No entanto, com a falta de novidades, principalmente sobre as próximas ações de China e Estados Unidos em sua trégua da guerra comercial, o ritmo de especulações na CBOT é bem baixo neste momento.

“Mesmo as tão usadas redes sociais de Trump já não trazem um movimento tão agressivo. Nesta quarta, tweets do presidente estadunidense afirmando com que a China
estará comprando soja norte-americana nos próximos dias, até trouxe um suporte fraco aos preços, porém a volatilidade se manteve baixa”, disseram os analistas da ARC Mercosul.

Além disso, afirmam ainda que o mercado precisa de mais notícias concretas do que vem adiante para se movimentar com mais substância. Os americanos têm dado mais informações do que os chineses neste momento e o ambiente ainda é de bastante incerteza sobre como serão os próximos 90 dias. “A especulação necessita confirmações do lado chinês, para que credibilidade seja adicionada”, diz a ARC.

Ademais, na América do Sul, tudo caminha bem até este momento, em mais algumas semanas a nova safra já começa a ser colhida em alguns pontos de Mato Grosso e, com sua chegada ao mercado, o produto brasileiro vai se tornando cada vez mais competitivo.

Fonte: Notícias Agrícolas