1

Soja recua em Chicago nesta 2ª feira e mercado se divide entre guerra comercial e novos números do USDA

Os preços da soja cedem na manhã desta segunda-feira (10) na Bolsa de Chicago. As cotações da oleaginosa, por volta de 9h (horário de Brasília), recuavam entre 5,25 e 6,25 pontos, com o janeiro/19 valendo US$ 9,11 e o maio/19 sendo cotado a US$ 9,36 por bushel.

Os mercados externos parecem ter começado a semana mais nervosos com a necessidade de um acordo entre China e Estados Unidos, ou os chineses verão as tarifas americanas subirem de forma considerável sobre os produtos chineses mais uma vez.

De acordo com informações da Reuters, as negocições “precisam alcançar um acordo até 1º de março ou novas tarifas serão impostas por Washington”, afirmou neste domingo o representante comercial norte-americano, Robert Lighthizer. Caso isso seja confirmado, a China promete revidar.

As relações entre os dois países ficaram ainda mais comprometidas depois da prisão, na semana passada, da diretora financeira da gigante chinesa de tecnologia Huawei, Meng Wanzhou, a pedido dos EUA. A nação asiática recebeu a notícia com extremo descontento e articula para que ela seja solta.

Fonte: Notícias Agrícolas