1

Milho: Semana começa com futuros em alta na Bolsa de Chicago

A semana começa com os preços internacionais do milho futuro se valorizando na Bolsa de Chicago (CBOT). Nesta segunda-feira (24), as principais cotações registravam altas entre 3,25 e 4,25 pontos por volta das 09h04 (horário de Brasília).

O vencimento julho/19 era cotado à US$ 4,45, o setembro/19 valia US$ 4,51 e o dezembro/19 era negociado por US$ 4,57.

Segundo análise de Ben Potter da Farm Futures, os preços do milho estão apresentando ganhos modestos, com contratos de safras antigas e novas mais altos após uma baixa partida durante a noite. Os futuros de dezembro, por exemplo, realizaram outro teste de tendência em relação aos mínimos de maio, mantendo o gráfico de alta intacto.

No momento, o mercado aguarda que o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) atualize sua estimativa de área nesta semana, em um relatório amplamente esperado que poderia moldar os mercados de verão.

“Com base nas tendências históricas, esperamos que a área plantada com milho caia para 87 milhões de acres. O governo cortou sua estimativa no início deste mês, a partir de intenções de março de 3 a 89,8 milhões. E a área final poderá cair para 85 milhões, dependendo de quantos hectares de plantações impedem os agricultores de plantar milho”, comenta Potter.

Os agricultores que reportaram o Feedback From The Field na semana passada fizeram apenas progressos incrementais, elevando suas estimativas para 94%. Os produtores também classificaram o milho como estável em comparação com a semana passada, mas sua avaliação permanece bem abaixo das estimativas das condições de progresso da colheita semanal do USDA.

Fonte: Notícias Agrícolas