1

Soja opera em alta em Chicago nesta 3ª com apoio no milho e à espera do novo USDA

Os preços da soja sobem nesta terça-feira (10) sobem na Bolsa de Chicago. Por volta de 7h40 (horário de Brasília), os futuros da oleaginosa subiam pouco mais de 5 pontos nos principais contratos, com o novembro valendo US$ 8,63 e o janeiro/20, US$ 8,77 por bushel.

O mercado esta semana deverá testar os dois lados da tabela até que seja divulgado o novo boletim mensal do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) na quinta-feira, dia 12. Os traders seguem muito atentos às mudanças que podem ser apresentadas, principalmente na produção e produtividade da soja e do milho dos EUA.

“Os traders devem ajustar posições a espera do Relatorio USDA de oferta e demanda mundial”, diz o consultor da Agro Culte e da Cerealpar, Steve Cachia.

Os números trazidos também pelo USDA no final do dia da segunda-feira (10) também são observados pelo mercado. O boletim semanal de acompanhamento de safras mostrou uma manutenção do índice de lavouras de soja em boas ou excelentes condições em 55%, dentro do esperado, mas ainda abaixo dos 68% da média dos últimos cinco anos.

Já para o miho, por outro lado, o número perdeu 3 pontos percentuais e foi a55%, contra a média esperada de 58% e frente aos 72% de média dos últimos cinco anos. Dessa forma, os futuros do cereal sobem mais de 1% nesta manhã de terça-feira, ajudando seus mercados vizinhos de soja e milho.

“Fora isso, não há muito que adicionar. A guerra comercial EUA-China continua sem acordo à vista e o clima nos EUA sem ameaça de geada precoce, pelo menos para os próximos 10 dias”, complementa Steve.

Fonte: Notícias Agrícolas