1

Está oficialmente aberto o Plantio da Soja no Estado

A abertura oficial do plantio da soja no Estado aconteceu, na manhã de sexta-feira (11), em nossa área experimental. O evento é promovido pela Administração Municipal e reuniu autoridades, produtores rurais e empresas do agronegócio que prestigiaram a programação.

A palestra sobre os Cenários e perspectivas do Mercado de Soja foi ministrada pelo analista de mercado para South América, Vitor Verniz e pelo gerente comercial da Cargill no Estado, Heverton Gugelmin.

As perspectivas para a cultura são positivas de acordo com a Emater.

Conforme o gerente regional, José Renato Cadó, nos 35 municípios do centro do Estado que recebem assistência da Emater, a projeção é de aumento de 2,3% na área plantada com relação à safra do ano passado. Dos 950,6 mil hectares, a região passará para 972,3 mil cultivados com o grão.

CONHEÇA NOSSO MERCADO ONLINE, CLIQUE AQUI!

Cadó ainda destaca que a produtividade esperada também deve ser satisfatória e inclusive pode ter crescimento. A expectativa é colher mais de 3,2 mil quilos do grão por hectare:

 — Tivemos uma safra bastante expressiva no ano passado. Quase batemos o recorde e temos a mesma expectativa. Ano passado, fechamos a produtividade em 3,2 mil quilos de soja por hectare a nível de região.  Com as tecnologias que vem sendo aplicadas e com os cuidados que o produtor vem tendo achamos que essa produtividade pode aumentar neste ano. Se as condições climáticas se mantiverem como no ano passado, em função das melhores condições tecnológicas, poderemos colher mais de 3,2 mil quilos por hectare.

A expectativa é terminar o plantio da cultura até 10 de dezembro. A Região Central é responsável por mais de 16% da produção de soja do Rio Grande do Sul. Tupanciretã é o maior produtor do grão do Estado com área plantada de 149,1 mil hectares. Na região, segundo levantamento da Emater, depois de Tupanciretã, os municípios de Cachoeira do Sul e Júlio de Castilhos concentram a maior área de produção da cultura.