1

Soja mantém estabilidade em Chicago nesta 5ª sem desviar atenção do cenário China x EUA

Os preços da soja continuam recuando na Bolsa de Chicago nesta quinta-feira (21). Ainda assim, o mercado mantém sua cautela e as variações são bem limitadas. Perto de 8h (horário de Brasília), as baixas variavam de 1 a 1,25 ponto nos principais contratos, com o janeiro valendo US$ 9,03 e o maio, US$ 9,31 por bushel.

Os traders se mantém na defensiva à espera de notícias consistentes. A informação de que a primeira fase do acordo entre China e Estados Unidos pode não se efetivar ainda este ano pesou sobre as cotações, porém, hoje a notícia já é de que Pequim teria convidado negociadores comerciais americanos para uma nova rodada de discussões, segundo o Wall Street Journal.

Com tudo isso, os traders ficam ainda mais atentos aos passos dados ou anunciados pelos dois países e as atenções e voltam ainda para a possibilidade crescente de que a disputa se estenda para o ano que vem.

“Tudo ficaria para 2020 e com eleições presidenciais nos EUA, a questão pode passar a ser mais política do que economica/comercial”, diz o consultor da AgroCulte e da Cerealpar, Steve Cachia.

Ainda nesta quinta-feira, o mercado espera também pelas vendas semanais para exportação a serem reportadas pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos). As expectativas para a soja variam de 800 mil a 1,4 milhão de toneladas.

Fonte: Notícias Agrícolas