1

Como a agricultura pode fazer parte da solução climática?

De acordo com a Universidade da Califórnia (UC), nos Estados Unidos, existem algumas formas de a agricultura deixar de ser o vilão do imaginário de algumas pessoas para passar a ser a forma mais importante de preservar o meio ambiente e mitigar as mudanças climáticas. Nesse cenário, Benjamin Houlton, diretor do Instituto John Muir de Meio Ambiente, afirmou que o cultivo de carbono é a chave para ajudar a resolver as mudanças climáticas.

“A agricultura pode ser apenas a indústria mais importante do planeta para criar emissões negativas de carbono sob a política econômica atual. Agricultores e pecuaristas podem capturar carbono e armazená-lo no solo. Eles podem criar emissões negativas, o que significa que a quantidade de gases de efeito estufa que são lançados no ar pelo setor é menor do que a quantidade que eles estão retirando do ar”, completa.

Segundo a UC, a agricultura de carbono também faz produtos utilizáveis que beneficiam a economia, a comunidade, o ecossistema e as pessoas. Por exemplo, enterrar rochas pulverizadas em terras agrícolas aumenta o rendimento das culturas enquanto armazena carbono na terra por longos períodos de tempo.

“Muitas dessas práticas são indígenas, portanto, mesmo as rochas pulverizadas são usadas pelos agricultores desde o século XVII para restaurar o solo porque fornecem nutrientes”, disse Houlton.

Ele disse que planeja desenvolver ainda mais o projeto da fazenda de carbono por meio do One Climate e aproveitar os pontos fortes da pesquisa interdisciplinar da UC Davis e a proximidade dos principais líderes de política climática de Sacramento em parceria com a indústria.