1

USDA sobe safra de soja do Brasil para 125 mi de t e reduz estoques finais dos EUA; estoques de milho mantidos

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) trouxe seu novo boletim mensal de oferta e demanda confirmando as expectativas do mercado com redução nos estoques norte-americanos e aumento das exportações de soja. Mais do que isso, como também era esperado, revisou para cima a safra do Brasil.

SOJA EUA

As exportações de soja dos EUA foram estimadas em 49,67 milhões de toneladas, contra 48,31 milhões do boletim de janeiro. Já o esmagamento foi mantido em 57,29 milhões. Em contrapartida, os estoques finais foram revisados de 12,93 para 11,57 milhões de toneladas, abaixo da média esperada pelo mercado.

SOJA MUNDO

A safra brasileira foi estimada em 125 milhões de toneladas, contra 123 milhões da projeção do mês passado. O número fica ainda acima do esperado pelo mercado de 123,8 milhões e do trazido pela Conab nesta terça-feira, de 123,2 milhões. A produção da Argentina, por outro lado, foi mantida em 53 milhões de toneladas.

O USDA trouxe ainda um aumento estimado para as exportações brasileiras de soja – de 76 para 77 milhões de toneladas – e a projeção de um aumento das importações chinesas para 88 milhões de toneladas de soja, enquanto eram estimadas 85 milhões há um mês.

A produção global da oleaginosa também subiu e passou de 337,7 para 339,4 milhões de toneladas, enquanto os estoques finais globais foram de 96,67 para 98,86 milhões nas estimativas do USDA.