1

Safra 2019/20 de soja tem uma das maiores margens brutas dos últimos 10 anos

O mercado da soja na Bolsa de Chicago voltou a operar com estabilidade e assim encerrou ontem (26/3) os negócios e fechou com oscilações bastante tímidas. “Temos muitas limitações para o mercado ainda”, diz o Diretor da Cogo Inteligência em Agronegócio, Carlos Cogo. “Foi um dia de ajuste dos preços hoje”, completou.

Os traders continuam acompanhando as questões ligadas aos desdobramentos da pandemia do coronavírus – como uma baixa de 7% no petróleo, por exemplo – as expectativas sobre a economia mundial e suas possibilidades de recuperação, ao mesmo tempo em que começa a se alinhar diante das expectativas para a nova safra de grãos dos EUA, e a possibilidade de uma menor área destinada à soja em detrimento do milho.

Na contramão, uma demanda melhor e um pouco mais presente nos EUA, por parte da China, ajuda a equilibrar o mercado e a trazer alguma sustentação á cotações no mercado internacional, ainda como explica Cogo.

“A demanda da China é consistente, por grãos e carnes, e deve comprar cerca de 10% a mais, em tonelagem, de soja do que comprou no ano passado”, diz o analista.

 

Fonte: Notícias Agrícolas