1

Resíduos agrícolas são fonte de energia para o futuro

Considera-se que os biocombustíveis oferecem muitas prioridades, incluindo sustentabilidade, redução de emissões de gases de efeito estufa (GEE), desenvolvimento regional, estrutura social e agricultura e segurança do suprimento de energia, diz o Dr. Sanjib Kumar Karmee, cientista sênior e diretor da divisão de conversão termoquímica do Instituto de Pesquisa em Energia Renovável Sardar Patel em Anand, Gujarat, Índia.

Para o pesquisador, os biocombustíveis são importantes porque podem substituir os combustíveis à base de petróleo e, no cenário atual, a produção de biocombustíveis requer tecnologia verde. Nesse contexto, para Kumar Karmee, a biomassa de resíduos florestais e agrícolas é a melhor fonte para atender às demandas de energia do futuro, uma vez que não é apenas renovável, mas também ecológica.

A energia obtida a partir da biomassa é utilizada principalmente para a produção de calor, eletricidade e como combustíveis líquidos para veículos. Várias tecnologias avançadas foram desenvolvidas para obter biocombustíveis e produtos químicos da biomassa, incluindo o processo hidrotérmico, pirólise e combustão.

A pirólise de biomassa é uma das tecnologias mais eficientes usadas para produzir biocombustíveis. O processo é realizado a temperaturas elevadas em uma atmosfera inerte que é mantida usando gases de argônio ou nitrogênio. O processo gera bio-óleo, biocarvão (sólido) e piro-gás (produtos gasosos), explica o Dr. Karmee.

Para conduzir experimentos de pirólise, o Instituto de Pesquisa de Energia Renovável Sardar Patel projetou e desenvolveu uma nova planta de pirólise para produzir biocombustíveis a partir de serragem e resíduos agrícolas.

Fonte: Agrolink