1

Tendência é de alta nos preços para o mercado físico e vendas futuras

A tendência é alta para os preços da soja, farelo e óleo no Brasil, tanto no mercado disponível, quando para vendas futuras, com forte elevação das cotações em Chicago, após a divulgação do Relatório de Oferta e Demanda dos Estados Unidos (USDA) de outubro/2020 reduzir as projeções de produção e de estoques finais do país na atual safra 2020/2021. As projeções são feitas pela Cogo – Inteligência em Agronegócio.

Na Bolsa de Chicago, o contrato maio/2021 acumula uma forte alta de 26,1% entre os dias 20/04/2020 e 14/10/2020, sendo negociado no patamar ao redor dos US$ 10,50 por bushel.

Além da redução da projeção de produção e estoques finais nos EUA em 2021/2022, há um aumento das exportações de soja em grãos dos EUA para a China, prêmio de risco climático embutido nos futuros com a confirmação do fenômeno “La Niña” e chances de ocorrência de estiagens no sul da América do Sul e projeção de importações recordes pela China.

Veja o relatório completo:http://tempuri.org/tempuri.html

Fonte: Canal Rural