1

Atualizada plataforma de monitoramento de soja por satélite

A plataforma de monitoramento de soja por satélite, chamada de SojaMaps, passou por atualização. A tecnologia desenvolvida pela Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) permite uma visão das áreas de soja do Brasil utilizando técnicas avançadas de sensoriamento remoto em nuvem.

Na atualização foram acatadas sugestões de usuários de diversas partes do país e do mundo. O software permite agora a interação com os dados das áreas cultivadas com a cultura da soja e verificar se a saúde da planta e variáveis climáticas foram adequadas para a produção.

Usuário pode interagir com os resultados mensais na plataforma e também a partir de dados como dados de seca, evapotranspiração e modelos de vegetação. A nova versão da plataforma conta também a partir de agora com dados atualizados ao longo do tempo do índice de vegetação EVI (Enhanced Vegetation Index) para qualquer lugar do estado de Mato Grosso. Essa série-temporal é capaz de mostrar para o usuário mudanças significativas no uso do solo, principalmente a conversão para agricultura.

Uma novidade bastante aguardada é que, a partir de abril será disponibilizada a nova plataforma SpaceAgro. Este novo recurso trará aos usuários a capacidade de interagir com dados de uso do solo e clima para os dados vetoriais de seu interesse.

Os dados da safra de soja 2020/2021 serão inserida no próximo mês, visto que a colheita no Mato Grosso ainda se encontra em andamento em boa parte do estado devido as altas ocorrências das chuvas.

O SojaMaps foi criado no ano de 2015 como um projeto de extensão e de pesquisa do laboratório de Geotecnologia Aplicada em Agricultura e Floresta (GAAF), da Unemat, campus de Sinop (MT).

Fonte: AGROLINK

https://www.agrolink.com.br/