Daily Archives

14 de setembro de 2021

  • SELO DE INOVAÇÃO PROMOVERÁ COOPERATIVAS USUÁRIAS DA FERRAMENTA SMARTCOOP

    Lançada no dia 20 de abril deste ano, a ferramenta SmartCoop, criada em projeto coordenado pela Federação das Cooperativas Agropecuárias do Estado do Rio Grande do Sul (FecoAgro/RS), apresenta uma novidade. A partir de agora as cooperativas participantes do projeto poderão utilizar o Selo de Inovação SmartCoop que tem por objetivo promover a ampliação do número de usuários entre as cooperativas do sistema.

    Mas para isso, cada cooperativa deve alcançar um objetivo para poder utilizar esta marca. Para obter o Selo Bronze, precisa ter no mínimo 250 usuários ativos, enquanto no Selo Prata são 500 usuários e no Ouro precisa pelo menos 750 usuários. O ponto máximo é o Selo Diamante, que é alcançado quando a cooperativa tem pelo menos 70% do quadro social utilizando a plataforma. A cooperativa poderá usar o selo sempre em seu material de divulgação, pelo prazo de um ano, podendo sempre, ser substituído pelo selo de maior grau conforme atinja os objetivos.

    O diretor superintendente da CCGL e coordenador do projeto SmartCoop, Guillermo Dawson Junior, explica que o Selo de Inovação é um primeiro reconhecimento da FecoAgro/RS para com suas associadas que fizeram adesão ao projeto. “É o reconhecimento que as cooperativas estão seguindo na direção da formação de um efetivo ecossistema digital. Levar ao associado essa plataforma, visa o aumento da competitividade do produtor na sua propriedade e da cooperativa. Se todos os associados e cooperativas aumentarem sua competitividade, existe o aumento da competitividade do sistema FecoAgro/RS e de todo o agro no Rio Grande do Sul”, destaca.

    Para o presidente da FecoAgro/RS, Paulo Pires, esta é uma ferramenta extraordinária criada pelos técnicos e executivos das cooperativas com a aprovação, o apoio e a coordenação da entidade e o apoio total dos presidentes de cada cooperativa é fundamental neste processo. “Criamos uma forma de incentivar cada cooperativa que terá uma colocação dentro de um ranking proativo de uma forma de que estará utilizando de forma mais intensa. É uma distinção qualitativa das cooperativas”, ressalta.

    Atualmente a plataforma SmartCoop já está em pelo menos 282 mil hectares de áreas de associados das 30 cooperativas agropecuárias participantes da iniciativa. O objetivo da ferramenta é beneficiar cerca de 173 mil produtores associados. O produtor tem acesso a funcionalidades como acompanhamento da lavoura, monitoramento por satélite, previsão do tempo, indicadores da cadeia leiteira, gerenciamento de rebanho, saldo de produtos na cooperativa, títulos a pagar, cotações e mecanismos de venda da produção.

    Fonte: FECOAGRO