1

RTC CONDUZIRÁ EXPERIMENTOS EM 15 COOPERATIVAS NA SAFRA 21/22

Projeto contou com treinamento para alinhar condução das pesquisas

Com o objetivo de proporcionar o avanço da pesquisa agrícola no sistema cooperativo através do compartilhamento de experiências e informações e visando explorar peculiaridades regionais com foco na produtividade e rentabilidade das cooperativas e cooperados, a Rede Técnica Cooperativa – RTC conduzirá experimentos com 15 cooperativas no Rio Grande do Sul.

Conforme o Gerente de Pesquisa da CCGL Geomar Corassa, o grande propósito da RTC é a condução experimental de forma coletiva entre as cooperativas para dar solidez na informação gerada, posicionar de maneira assertiva os técnicos e levar essa informação de qualidade aos produtores. – Ao conduzir experimentos em 15 locais nesta safra será possível explorar condições peculiares de solo e clima e gerar resultados personalizados para a região de atuação das cooperativas – ressaltou Geomar.

Para dar início ao projeto, a RTC realizou nesta quinta-feira, 21 de outubro, um treinamento para os representantes das cooperativas que realizarão o trabalho na safra 21/22 nas áreas experimentais. Os experimentos propostos por setor para a condução em rede são a fertilidade do solo e nutrição de plantas, manejo de plantas daninhas, fitopatologia, entomologia e manejo de culturas.

Para o Pesquisador da CCGL Mário Bianchi, o treinamento procurou nivelar os princípios básicos da condução experimental para que todos tenham a mesma orientação no planejamento, sem comprometer o resultado e a segurança dos experimentos. – O treinamento ocorreu de maneira teórica e prática e a interação entre as cooperativas foi produtiva, sendo o primeiro passo para fortalecer a pesquisa técnica entre as cooperativas – salientou Geomar.

O Gerente Técnico da Cotrirosa e Engenheiro Agrônomo Jairton Dezordi entende que a agricultura está cada vez mais dinâmica, por isso a participação da RTC através da criação da rede experimental é importante para acelerar o desenvolvimento da pesquisa nas cooperativas. – O treinamento é determinante para que o estudo seja bem conduzido e gere resultados confiáveis para as áreas técnicas das cooperativas reverterem a pesquisa em incremento de produtividade para seus associados – completa Jairton.

No total, serão 56 experimentos e mais de 80 tratamentos testados. O número de parcelas experimentais que dizem respeito aos estudos da RTC deve ser superior a 5 mil nesta safra. A rede experimental da RTC contará com as cooperativas: CCGL, Cotripal, Coasa, Coopermil, Cotrijuc, Cotribá, Cotrijal, Cotrisal, Cotrisel, Coopatrigo, Agropan, Cotricampo, Cotrirosa, Cotrisul e Cotriel.

Texto e Foto: ASCOM CCGL